CDs Cristãos Downloads

Blog de Downloads de Músicas, Filmes, DVDs, Palestras. Reconhecido na qualidade de notícias e formações do meio cristão!

Formação: Ciência e Fé em Harmonia - Prefácio

 Ciência e Fé em harmonia

Certa vez perguntaram a Jung, discípulo de Freud, se ele acreditava em Deus; sua resposta foi clara: "eu não creio, eu sei!". Mais do que crer, Jung tinha experimentado, pela ciência, "a evidência de Deus", e a certeza de que nada se explica sem Ele. Freud era ateu; e, no entanto, o seu brilhante aluno era o oposto.

Não vejo oposição entre fé e ciência, ao contrário. Por exemplo, o Papa João Paulo lI, em 24 de outubro de 2004, nomeou dois cientistas, pioneiros da física, para membros da Academia Pontifícia das Ciências, do Vaticano: o professor americano William D. Phillips e o professor de origem indiana Veerabhadran (Ram) Ramanatham. William D. Phillips, nasceu em Wilkes-Barre (Pensylvania), é professor de Física na Universidade de Maryland e é líder do Grupo de esfriamento com laser da Divisão de Física Atômica do National Institute of Standards and Technology (NIST) de Gaithersburg (Estados Unidos). Em 1997 recebeu o Prêmio Nobel de Física. Mais um Nobel no Vaticano!

Veerabhadran (Ram) Ramanathan, nascido em Chennai (Índia), é professor de Ciências da Atmosfera na Universidade da Califórnia (San Diego) e diretor do Centro para as Ciências da Atmosfera da Scripps Institution of Oceanography, La Jolla (Estados Unidos).

Isto mostra o quanto a Igreja católica valoriza a ciência.

Antoine Henri Becquerel (1852-1908), Nobel de Física em 1903, descobridor da radioatividade, afirmava que: "Foram minhas pesquisas que me levaram a Deus". Erwin Schorodinger (1887-1961), prêmio Nobel de Física em 1933, pelo descobrimento de novas fórmulas da energia atômica, afirmou: "A obra mais eficaz, segundo a Mecânica Quântica, é a obra de Deus".

Há 34 anos sou professor universitário - de Física, Cálculo e Mlc:ânica - e fiz a minha carreira como professor e pesquisador, sem nunca deixar de lado a fé católica. Ao mesmo tempo em que cursava o doutorado em Ciências Aero-espacias, no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), em São José dos
Campos, SP, simultaneamente, freqüentava, à noite, aulas do curso de Teologia.

Desde o primeiro século, a Igreja estima a razão e a fé. Sempre valorizou a filosofia, que emprega a razão para encontrar o caminho da sabedoria e da felicidade. São Justino (falecido em 163) era filósofo, pagão, mas após a sua conversão ao cristianismo disse: "somente então tornei-me filósofo".
Ele e muitos defensores do cristianismo nos primeiros séculos usaram a filosofia para apresentar a beleza do cristianismo. Era a beleza a serviço da fé.

Os Padres da Igreja, da época da patrística, como S. Clemente de Alexandria (145-215), Orígenes (185-253) e muitos outros, souberam usar a filosofia aprendida dos gregos para defender a fé cristã. Santo Agostinho (354-430) encontrou no neo-platonismo um caminho capaz de dar à verdade, revelada por Deus, a fundamentação racional que faltava. São Tomás de Aquino (1225-1274) fez o mesmo a partir da filosofia de Aristóteles, cujas obras não estavam disponíveis no tempo de Santo Agostinho. Esses gigantes da fé, souberam usar a razão para crescer na fé. Eles sintetizaram tudo dizendo: "Crer para compreender; e compreender para crer".

Com a mesma alegria que ensino para os alunos as leis de Newton, da mecânica, ou a equação diferencial que rege a trajetória dos planetas em torno do sol, ou as equações de Schorõdinger da mecânica quântica, ou as equações de Maxwell do eletromagnetismo, vejo, como Jung, a "evidência" de Deus em todas essas coisas.

Eu sei que Deus existe! Toda a beleza que a ciência nos revela seria simplesmente impossível sem o Criador. Recuso-me, com todas as fibras do meu corpo e com todas as faculdades da minha alma, a acreditar que tudo o que há no universo possa ser obra do acaso cego. A ciência e a fé o rejeitam. Será que "acaso", não é o pseudônimo que dão a Deus aqueles que, por conveniência, não querem pronunciar
o seu nome? ...

Um dia um famoso filósofo percebendo a evidência de Deus, teve que confessar a um dos seus discípulos: "Deus existe (...) mas não espalhe!"

A maioria sabe que Deus existe; pois é muito mais difícil provar que Ele não existe, do que o contrário. Mas, muitos, embora creiam, não se esforçam para viver de maneira coerente
com esta verdade: Deus existe! Se Ele existe, tudo é diferente, e a vida tem que ser dirigia por Ele. "Se  eus não existe, então, tudo é válido", disse Dostoiewiski.

Deus existe, e tem um plano para nós. Se o homem desprezar este plano e virar as costas para Deus, jamais poderá experimentar a felicidade verdadeira. Mais do que o Cria dor do mundo, Ele é nosso Pai, é amor, é a nossa meta. Não basta crer em Deus, é preciso viver em função disto.

A ciência e a fé se juntam para nos dizer que somos um milagre do amor e da sabedoria de Deus; somos a meta fixada para toda a evolução do cosmos, desde o Big Bang; somos o ápice de toda a obra visível do Criador que se revelou em Jesus Cristo. Não compreendemos ainda toda a nossa grandeza!
Somos, como disse S. Ireneu (t200), "a glória de Deus".

Nesta super-formação você vai conhecer dados impressionantes da Ciência Moderna, tanto no campo da biologia, quanto da astronomia, que levam os cientistas a mais e mais se curvarem diante da evidência de Deus.
Desejo, e peço a Deus, que mova o coração de cada leitor para encontrar nas palavras dos homens de fé e de ciência, as razões para viver convictamente a sua fé.

Prof. Felipe Aquino
Lorena, 10 de novembro de 2004
Memória de São Leão Magno,
Papa e doutor da Igreja (400-464)


Gostou, então compre o livro clicando na imagem que representa a capa do livro.

Ciência e Fé em harmonia

0 Comentários:

Postar um comentário

- Em hipótese alguma faça ofensas pessoais, ameaças e xingamentos;
- Para fazer algum pedido, preencha o nosso Formulário de Contato.
- Se o link não esta prestando informe-nos no Mural Downloads com Defeitos.
- Para parcerias, veja nossa postagem: Sobre parcerias....


OBS: Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.